Dia sem Imposto chama atenção para a alta carga tributária do País

PUBLICIDADE

Na data em que se celebra o Dia da Indústria, a Federação das Indústrias do Estado de Pernambuco (FIEPE) realiza a 5ª edição do Dia sem Imposto, em 25 de maio deste ano, a partir das 15h, na Casa da Indústria. O evento será dedicado à reflexão da alta carga tributária no País, com ações que visam sensibilizar a sociedade sobre o impacto dos tributos, por meio de exposição de produtos sem impostos, palestras gratuitas sobre gestão financeira e tributária, foodpark com produtos com desconto, carro içado e sorteios. Será gratuito, aberto ao público e as inscrições podem ser feitas no fiepe.org.br. Para quem estiver no interior do Estado e fizer a inscrição pelo site, as palestras poderão ser conferidas de forma on-line.

Para os que participarem das palestras, terão a oportunidade de participarem de sorteios de um (1) IPad e três (3) Iphones 13, sendo um para compra com desconto equivalente à carga tributária do produto. O coordenador do FIEPE Jovem – organizador do evento, Rodrigo Veloso, disse entender a importância dos impostos para a manutenção do estado, “mas o problema é que o modelo existente deixa a indústria em desvantagem perante a seus concorrentes”.

Em levantamento feito nos últimos anos, a Confederação Nacional da Indústria (CNI) aponta que a maioria dos empresários brasileiros reprova o atual sistema tributário, sendo o número de tributos um dos maiores gargalos. Para eles, o ICMS é o tributo que causa maior impacto negativo sobre a competitividade, seguido do PIS/COFINS e das tributações previdenciárias (INSS), que figuraram empatados no segundo lugar. “O que produzimos aqui fica mais caro, logo para implantar um negócio aqui também se torna mais dispendioso”, frisou Veloso, destacando que montar uma indústria no Brasil sai mais caro que em outros países, e parte disso se deve à complexidade do sistema e ao número de tributos.

De acordo com uma pesquisa recente da Associação Comercial de São Paulo, para os brasileiros, o maior problema em destinar quase 50% dos rendimentos colhidos no ano para o pagamento de tributos não é apenas o alto valor dos impostos, mas no fato de os investimentos não reverterem positivamente nos serviços de saúde, segurança, infraestrutura e educação. Na Dinamarca, por exemplo, também é registrada uma das maiores cargas tributárias do planeta. Por lá, a população gasta quase metade do ano apenas para pagar impostos e, em contrapartida, o país apresenta melhores níveis em indicadores como desigualdade social e Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) do que o Brasil.

Um passo importante para minimizar esses efeitos seria aprovar a reforma tributária. Juntamente com a FIEPE, a CNI está atenta e defende que essa pauta avance para dar mais competitividade às empresas nacionais e incentivar o crescimento da economia de forma mais sustentável. “A nossa defesa é que tenhamos um sistema tributário que preserve o equilíbrio na concorrência e estimule as vocações do nosso País”, acredita o coordenador.

Na edição deste ano do Dia sem Imposto, o coordenador do FIEPE Jovem, Rodrigo Veloso, pede celeridade na aprovação da reforma, num trabalho conjunto entre a sociedade, o poder legislativo e o executivo, entendendo que, sem essa união, não será possível fortalecer o nosso mercado e estimular o crescimento no longo prazo. Realizado pela FIEPE, pelo FIEPE Jovem e pelo SEBRAE, o evento conta com patrocínio da XP Empresas, do Sindusgraf, do escritório Tibúrcio e Cavalcanti Advogados Associados e com apoio de diversas Indústrias parceiras, dos Sindicatos, CNI e do IEL-PE.

Programação:

15h – Abertura do Mercadinho para visitação

16h às 17h – Credenciamento e Networking

17h às 17h10 – Abertura do evento no auditório

17h10 às 17h30 – Palestra com Tessia Araújo, Head comercial do Coorporate Unique junto a XP Empresas: Soluções financeiras e investimentos

17h30 às 17h50 – Palestra com Davi Cavalcanti: Gestão tributária e competitividade para as indústrias

17h50 às 18h50 – Palestra com Arthur Lemos: Planejamentos Financeiros Inteligentes

18h50 às 19h – Moderação

19h às 21h – Food Park + sorteios (área externa)

PUBLICIDADE