Emprego só volta a Pernambuco com a saída do PSB do governo, diz Miguel Coelho

PUBLICIDADE

Após a divulgação de mais uma pesquisa do IBGE em que Pernambuco aparece como referência no desemprego, o pré-candidato a governador, Miguel Coelho (União Brasil), afirmou que o atual governo fracassa na busca de soluções para os desafios do estado. Entre janeiro e março deste ano, a taxa de desemprego em Pernambuco ficou em 17%, praticamente a mesma que o trimestre anterior e a segunda maior do Brasil, informou o IBGE nesta sexta-feira (13).

Segundo Miguel, os números revelam que o Plano Retomada, lançado pelo governo do PSB, não conseguiu estimular a economia do estado e melhorar os indicadores de emprego e renda. “O Plano Retomada é mais um fracasso do governo do estado, uma propaganda enganosa, que serve apenas para tentar iludir a população. Está claro que só voltaremos a gerar emprego em Pernambuco com um novo governo, que seja capaz de recuperar a economia do estado, fazendo novos investimentos e melhorando o ambiente de negócios para fazer as parcerias necessárias com o setor privado”, disse o pré-candidato.

Em 2021, Pernambuco foi o estado com maior taxa de desemprego do Brasil. O indicador foi o pior resultado na série de levantamentos realizados desde 2012.

Foto: Jonas Santos

PUBLICIDADE