Experiência teatral marca Eriberto Leão: “mudou minha vida completamente”

PUBLICIDADE

O ator Eriberto Leão, que foi protagonista no espetáculo da Paixão de Cristo de Nova Jerusalém em 2005 e 2010, está retornando para temporada 2023 para viver ninguém menos do que o governador Pôncio Pilatos, personagem que condena Jesus, interpretado, este ano, pelo ator Klebber Toledo.

Para Eriberto, ator consagrado da TV Globo, o retorno traz uma emoção indescritível. “É o retorno a um lugar que me trouxe uma das maiores experiências. Mudou minha vida completamente. É inesquecível. Eu seria uma outra pessoa se não tivesse feito Jesus nesse espetáculo. Sempre digo a todos meus amigos e colegas, atuar em Nova Jerusalém é um acontecimento único na vida de um ator, de uma atriz”, disse.

Sobre o personagem que dará vida em 2023, Eriberto afirma: “ninguém é totalmente bom e ninguém é totalmente mau. Eu acho que esse vai ser o meu o ponto de partida para construção do meu Pilatos”. Na sua opinião, não há como nenhum ser humano ficar frente a frente e não ser tocado e transformado pela força de Cristo. “Eu estou aberto para sentir o que Pilatos sentiu quando ele encontrou Jesus”.

O ator está neste final de semana (15) na cidade-teatro de Nova Jerusalém, a 180 km do Recife (PE), participando das gravações dos filmes promocionais do espetáculo que será realizado de 1º a 8 de abril de 2023. Também estão no elenco Luiza Tomé (Maria), Nelson Freitas (Herodes) e Duda Reis (Herodíades).

A respeito da oportunidade de atuar mais uma vez para o grande público que lota as plateias da cidade-teatro, Eriberto afirma que se trata de uma experiência muito especial. “Eu digo que a única maneira de um ator ter a sensação próxima do que é um show de rock ou um show de música, com milhares e milhares de pessoas assistindo, é atuando em Nova Jerusalém. É uma experiência absolutamente única”.

Eriberto destaca ainda que não é só o lugar e o grande público na plateia que marca as pessoas que passam pela Paixão de Cristo, mas principalmente a história em si. “É a história mais importante da nossa civilização e como é necessário neste momento a gente compreender essa história. Jesus prega o amor que é a força que criou e que mantém o equilíbrio do universo. O que vale nessa vida mesmo é o amor, o perdão e a compreensão. Poder captar a verdadeira mensagem de Jesus é uma oportunidade única que a Paixão de Cristo traz para todos nós”.

Os filmes de divulgação da Paixão de Cristo, são produzidos pela Virtual Recife Produções e têm a direção do cineasta pernambucano Eduardo Morotó. A Sociedade Teatral de Fazenda Nova, realizadora do espetáculo, informa que está com uma promoção especial temporária no preço dos ingressos antecipados. Na compra pelo site www.novajerusalem.com.br as entradas podem ser adquiridas por até R$ 110,00, a inteira, e R$ 55,00 reais a meia entrada em até 12 X nos cartões.

PUBLICIDADE