Presidente do Consórcio Nordeste, Paulo Câmara pede ao Ministério da Saúde compra urgente de Coronavac para crianças

PUBLICIDADE

O Consórcio Nordeste enviou, na quinta-feira (20), um ofício ao Ministério da Saúde em que pede a compra urgente de doses da Coronavac para vacinação de crianças e adolescentes de 6 a 17 anos.

O documento é assinado pelo governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), novo presidente do grupo que reúne nove estados da região.

A aplicação do imunizante fabricado pelo Instituto Butanta em crianças e adolescentes de 6 a 17 anos foi aprovada na quinta-feira pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

No documento, o governador diz que é “incontornável a urgência de completarmos a vacinação de crianças e adolescentes no Brasil”.

“Em nome dos governadores dos nove estados do Nordeste, peço que o Ministério da Saúde realize compra das referidas vacinas já disponíveis no Instituto Butantan e proceda a distribuição entre os Estados conforme o Plano Nacional de Imunização. Tal medida deve ser tomada em caráter de absoluta urgência, algo absolutamente compatível com as atribuições deste Ministério”, disse Paulo Câmara no ofício assinado.

PUBLICIDADE