Jaboatão avança com requalificação da orla de Piedade

PUBLICIDADE

Ao lado do ministro do Turismo, Carlos Brito, o prefeito do Jaboatão dos Guararapes, Mano Medeiros, assinou, nesta quinta-feira (11), a abertura do processo de licitação para dar continuidade à requalificação da orla do município, que vem sendo feita por etapas. O projeto das próximas fases (a primeira entregue em março) foi aprovado nesta quarta-feira, pelo Governo Federal, e os recursos na ordem de R$ 14,3 milhões já estão liberados.  A obra do segundo trecho contempla dois quilômetros de extensão da Avenida Senador Sérgio Guerra entre a Igrejinha de Piedade e a divisa com a capital. O presidente da Empresa Brasileira de Turismo (Embratur), Silvio Nascimento, também participou da cerimônia realizada no Complexo Administrativo da Prefeitura.

Além de um novo calçadão, o trecho ganhará ciclovia, pista de cooper, espaços de convivência e contemplação, tudo com a devida sinalização e acessibilidade. Para garantir a harmonia da paisagem entre os municípios, o piso foi desenhado de forma a suavizar essa transição, ao mesmo tempo em que vai assumindo identidade própria, mesclando piso intertravado e pedras portuguesas, além do piso tátil, sinalizando os obstáculos. Bancos com design moderno, equipamentos e espaços de esporte e lazer também serão implantados. A iluminação passará a ser em LED, garantindo mais segurança e economia.

“A vinda do ministro Carlos Brito e do presidente da Embratur, Silvio Nascimento, para iniciarmos o processo licitatório, foi muito importante porque mostra a atenção dada pelo presidente Jair Bolsonaro e do próprio ministro ao Estado de Pernambuco e a Jaboatão. Com a liberação dos R$ 14,3 milhões, podemos dar andamento ao projeto de requalificação da nossa orla, que traz uma série de benefícios para os jaboatonenses. Estimula a prática esportiva, o lazer, turismo e a economia. O primeiro trecho, que já entregamos, hoje é muito utilizado pelas famílias, que aproveitam a praia e as belezas naturais. Agora estamos ampliando para garantir uma área mais ampla e segura”, ressaltou o prefeito Mano Medeiros.

Carlos Brito falou da importância em investir no turismo como forma de dinamizar a economia em todo o País. “A infraestrutura é o básico para incrementar o turismo e foi exatamente isso que viemos fazer em Jaboatão. O projeto da orla foi aprovado e agora já tem recursos liberados. O Governo Federal sempre investe em Pernambuco e só no turismo foram R$ 130 milhões. O mesmo é feito no País, tanto que já houve um crescimento de 43% no setor e a previsão é de crescimento de 62%, no segundo semestre”, disse o ministro.

A previsão é de que a obra entre a Igrejinha de Piedade e a divisa com a capital será concluída em 2023. As outras duas etapas serão executadas posteriormente, à medida em que os recursos forem sendo liberados, concluindo a ligação por ciclovia desde a divisa com o Recife até a divisa com o Cabo de Santo Agostinho, conectando-se com a do Paiva.

Após a assinatura do processo de licitação, o prefeito Mano Medeiros e o ministro Carlos Brito visitaram a orla, onde será realizada a obra. Depois seguiram para Jaboatão Centro para vistoriar a obra de requalificação da Praça Nossa Senhora do Rosário, que será concluída em quatro meses, num investimento de R$ 680 mil. O espaço ganhará área de lazer, novo piso, paisagismo, pintura geral, troca dos bancos, substituição das antigas lâmpadas por iluminação em LED, além de novos brinquedos para as crianças.